a voz à solta


Se leio, saio de mim e vou aonde me levam. Se escrevo, saio de mim e vou aonde quero.

13/07/2017

Oito minutos

Fui encontrar as duas no quarto de Muzi, a mais velha, em conversas de irmãs. Posso entrar ou são segredos?, não, disseram, podes entrar, mãe. Logo Saminhas, a mais nova, me pediu que lhe massajasse as costas, mãe faz-me lá uma massagem nas costas. Então põe-te a jeito. Ela pôs-se e os meus olhos, enquanto os dedos pressionam músculos e o que houver em redor, nas costas, bateram nos objetos pendurados que a irmã espalhou pela parede, recordações de momentos e outros temas bastante importantes.
- O que é aquilo? – apontei com o queixo para um destes objetos que não sei descrever convenientemente, uma coisa pendurada com letras.
- Aquilo? Foi da festa das flores, lembras-te?... – responde Muzi.
- Lembro. Aquela festa à qual te fui buscar e fiquei de mau humor? – era uma festa em tempo de aulas, a meio da semana, até tarde, sou contra - mas hoje em dia os universitários festejam muito muito tudo tudo e nada nada também festejam.
- Sim… - confirma Muzi a inclinar a cabeça e levantando as sobrancelhas em desaprovação do meu mau humor.
(não nos esqueçamos que a massagem está em curso na outra filha)
- Claro, chegaste oito minutos atrasada ao carro – recordei-lhe.
- Mãe, por oito minutos, oito! – ainda lhe dói, não foi assim há tanto tempo.
E então a dona das costas sofrendo massagem usa da palavra dirigindo-se à irmã.
- A mãe precisava era de um grupo de apoio para pais de adolescentes.


(Isto traduzido em português quer dizer que a mãe, eu, precisava de ver casos graves na adolescência para não ficar de mau humor com um atraso de oito minutos a seguir à meia-noite)

10 comentários:

  1. Homónima, até ver é assim que eu relativizo certas situações que resultam em chatices, pois até à data nada de grave (vida ou morte ou doença ou injúrias ou crimes) aconteceram. Somos mães sortudas e privilegiadas, parece-me :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh sim, Homónima, parece-te e muito bem! Também eu sou uma mãe muito sortuda, muito mesmo. Dou graças por isso todos os dias.
      :-)
      Um beijinho.

      Eliminar
  2. Pronto, começamos em contagem decrescente acelerada. 7 segundos de um tema imortal! :)

    https://www.youtube.com/watch?v=wqCpjFMvz-k

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que beleza, Diogo, há que tempos que não ouvia isto. Imortal, de facto.

      Um fim de semana bom para ti. :-)

      Eliminar
  3. Ah, ah...as meninas sabem muito! Quantas vezes ouvi coisas semelhantes.
    ~CC~

    ResponderEliminar
  4. Como deve ser divertido entrar no quarto das filhas assim =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É muito bom assistir à cumplicidade entre elas, é. :-)

      Eliminar