a voz à solta


Se leio, saio de mim e vou aonde me levam. Se escrevo, saio de mim e vou aonde quero.

01/06/2017

Selinho Blog em Bom - lançado por Pipoco Mais Salgado

Se eu fosse um Blog em Bom gostaria de ser – não vou ser original, mas isto é para ser sincera ou então não viria cá – o blogue da Mãe Preocupada. Porque sempre que lá entro e me sento confortável a ler o novo texto, sou invadida por uma estranha tranquilidade. Digo estranha por ser constante, haja o que houver, seja qual for a leitura. Lá, parece que encontro o mundo no lugar. Encontro uma honestidade que me encanta. Encontro-me a mim também. Respiro e leio devagar para ficar mais tempo. Aliás, para ser completamente sincera, já não é só gostar de ser, eu sou o blogue da Mãe Preocupada. Sou, na medida em que já me aconteceu dar comigo, quando perante situações difíceis, duras, dolorosas, a pensar: como faria uma pessoa como a MP no meu lugar?

Mas também gostaria de ser de vez em quando o blogue do Pipoco Mais Salgado. Uma espécie de gluão. Uma partícula que une naturalmente as outras como se conduzisse uma orquestra que primeiro pode entrar desafinada e no fim toca uma peça lindíssima. No Pipoco confirmo que vale a pena ter um bom coração. E depois, é ele o primeiro a aplaudir os músicos.



Os cinco blogues que escolho para darem seguimento a esta corrente tão bonita e com um selinho maravilhoso da série Senhora dos Papagaios, Tarântulas e Caniche, porém na variante Cisne com Bebé, que é ainda mais fofinho (Ah, Grande Palmier!); são estes:








(contei com uma tolerância de vinte por cento, para não abusar)

Instruções:
"Foste envolvida(o) no movimento "selinho Blog em bom", tens agora vinte e quatro horas para escolher um blog que gostasses de ser, explicando-nos porque é que aquele blog é mesmo um blog em bom e para desafiares mais cinco bloggers para este interessante desafio que pretende promover o convívio entre todos os bloggers, ou então um panda bebé morrerá e todos sabemos que os pandas são animais fofinhos que não merecem falecer só porque alguém não responde a um desafio"

16 comentários:

  1. oh...obrigada, Susana...e agora o que faço?...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tinha-me esquecido de pôr as instruções, ana, já lá estão. :-)

      Eliminar
  2. Oh pá, se não for rápida esgotam-me os blogs que conheço!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (Chama o Pedro Mexia, pode ser que ele volte)

      :-)

      Eliminar
  3. Eu?!


    Ai.


    Mas como não quero ser responsável pela morte de um panda bebé...


    Obrigada, Susana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, tu.
      (mas só se quiseres, evidentemente)

      Obrigada eu, Gina. :-)

      Eliminar
  4. bem visto, barra, fundamentado e vai numa onda fluída até desaguar num texto, como sempre, muito bom.
    boa noite Susana.
    um beijinho,
    Mia
    Mia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Mia.
      De facto há blogues encantadores, que nos entram mesmo pela vida adentro porque lhes abrimos as portas (e as janelas :-)).
      Um beijinho e um bom fim de semana.

      Eliminar
  5. Obrigada, Susana! Dois selinhos Blog em Bom já justificam moldura e uma prateleira no oratório.
    Um abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Minha querida MP, gosto sempre tanto da sua visita, assim, neste formato mais visível :-)
      Quem agradece sou eu, naturalmente, muito.
      Outro abraço.

      Eliminar
  6. Oh Susana... Acho que ainda me safo no prazo das tais 24 horas. Bem vi isto ontem mas não tinha condições materiais para responder à tua convocatória... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que safas, luisinha, tu safas-te sempre tao bem.
      :-)

      Eliminar
  7. Acho indecente não me colocares nessa teia, em favor de um blogue, por exemplo, como o Tempo Contado, que é, como sabemos, de uma pessoa que não liga nada a essas coisas da Irmandade Blogueira. :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas o nosso JRC já ligou, Diogo, ainda tu eras pequenino e não vinhas aos blogues. Ligou e conversava com a gente, foram tempos muito bons e eu queria que ele voltasse, tenho-o achado triste, mas mais que isto não devo fazer.
      Por acaso pensei em pôr um dos teus 67895873 blogues aqui, pensei pensei, mas deparou-se-me a dificuldade óbvia: qual vou eu escolher, estás a compreender?

      :-)

      Olá, Diogo.

      Eliminar
    2. Percebo-te inteiramente, querida amiga. Cá pelos meus lados, nada é muito permanente, excepto a minha indestrutibilidade. ;)

      Eliminar