a voz à solta


Se leio, saio de mim e vou aonde me levam. Se escrevo, saio de mim e vou aonde quero.

11/02/2016

Pensão completa tudo incluído sem compromisso à sua escolha

No enquadramento das frequentes movimentações de curto, médio e mais longo curso em que me vejo nos últimos anos, sinto uma falta de estar em casa que se agudiza. Dias e dias em casa, ficar, ficar, tenho isto assim a doer, a querer, querer. Ai se eu pudesse dias destes, muitos, sei que havia de ficar jovem (comprei um creme de rosto sem querer para a faixa etária dos sessenta aos oitenta e o meu rosto ainda sorri nos quarenta, não sei como foi isto). Sei que ao fim de dias desses tornava a poder dançar e a colher certezas serenas, a relhenar-me até transbordar da esperança que tinha antes outra vez.

Há dias pensei que o meu desejo já vinha aí todo realizadinho, embrulhado em papel dourado com fita prateada, eis o que foi.

O telefone tocou, era um número desconhecido, mas desta vez atendi (com um suspiro).

- Boa tarde minha senhora daqui fala da agência de viagens We Are The One 4U e queremos oferecer-lhe três noites grátis pensão completa incluída sem compromisso para duas pessoas num hotel à sua escolha tudo pago, que lhe parece?

Fiz um silêncio todo meu em cima do silêncio da senhora que estava do outro lado da agência de viagens We Are The One 4U e que, devido ao atraso na minha resposta, creio eu, repetiu à mesma velocidade e cadência a oferta completa das três noites sem compromisso à escolha tudo pago, isso assim, que lhe parece. E então falei. 

- Mas oferecem também os dias ou é só as noites?

Recebo no ouvido um indício de perplexidade que foi de imediato disfarçada e a vendedora, sorrindo, disse que sim, que os dias também, tudo incluído, minha senhora, num hotel à sua escolha. Então aceito, respondi. E já que posso escolher, quero esses dias na minha casa, os dias e as noites, inteirinhos, pensão completa tudo incluído, é um bom negócio para si, que eu não lhe vou cobrar nada....

Só que ela desligou.

20 comentários:

  1. Respostas
    1. Um aborrecimento, estas ações de marketing fajutas.
      :-)

      Eliminar
  2. Três dias em casa em regime tudo incluído é sem excursões. Era tudo o que eu mais queria!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :-)
      Eu até para dizer a verdade, queria bem mais que três dias.

      Eliminar
  3. eu também, eu também. mas com tudo incluído... :)

    ResponderEliminar
  4. Isso tudo e muitos abraços. :)

    (este marketing por telefone é um martírio)

    Beijos, Susaninha :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há abraços que são a nossa casa.

      (Devia ser proibido, ninguém gosta)

      Beijinhas, querida Maria.:-)

      Eliminar
  5. Ah, Susana, a ser verdade a tua história, teria começado por perguntar à senhora a que se devia tal oferta, uma vez que, quem tem negócio, precisa de o rentabilizar... o que pretendiam em troca... porque como se costuma dizer, na área do negócio ninguém dá nada a ninguém...Por aí.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Passou-me pela cabeça perguntar-lhe, mas temi que ela achasse que eu estava interessada e então seria mais difícil acabar com o telefonema. :-)
      Pois claro que teria de haver algo em troca, de preferência impercetível para mim... destas modernices da sociedade em que vivemos não gosto nem um bocadinho.
      Beijo, Isabel.

      Eliminar
  6. Mas que bela ideia, podia chamar-se "viagens na minha casa" ou "vá para o hotel em sua casa" Ai se esses senhores do marketing soubessem a fonte de rendimentos que aí está :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma bela ideia a tua, GM! :-)
      Aí sim, talvez me apanhassem numa "cilada de marketing".

      Eliminar
  7. Querida Susana Rodrigues,
    Há rostos de vinte que não sorriem...
    (Aí está uma boa sugestão para este fim de semana. São só dois dias, mas terão de bastar. Já estou a pensar no anúncio: um fim-de-semana não muito prolongado com tudo incluído.
    E, este tudo-incluído inclui mesmo muita coisa, para além de todas as refeições e petiscos in-between que lhe apetecer e bebidas de garrafas que nem se lembra que tem, inclui o mui-moda dar banho ao cão, cortar a relva, brincar ao Carnaval e fazer de conta que é taxista, preparar um teste de ciências e treinar o G maiúsculo manuscrito, fazer o ainda mais moda running atrás de uma bicicleta já sem rodinhas mas ainda sem equilíbrio...) Vai ser um sucesso. O único senão é o pardalito madrugador não dar para desligar. Alvorada às 07:30, mesmo em fim de semana e sem qualquer prolongamento.)
    Um beijo,
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido Outro Ente, tocou no ponto, desde que se sorria...
      Que promissor fim de semana se avizinha por aí! Gostei especialmente do "pardalito madrugador", mesmo não dando para o desligar... :-)
      Outro beijo.

      Eliminar
  8. Susana, não sei se previas este resultado, se não, desculpa-me a insensibilidade, mas este teu texto pôs-me a rir logo desde o creme de rosto. Sabes o que acho mesmo, mesmo muito bom, é podermos dizer que, apesar de todos os sítios por onde andamos, o melhor sítio do mundo é a nossa casa e por isso temos, tantas vezes, saudades de passar mais tempo com ela.
    Por falar em saudades, beijinhos desta pessoa que já tinha saudades de dizer coisas por aqui. :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cláudia, eu também me ri quando vi o creme que tinha comprado (mas o boião era - e é - tão lindo, todo dourado, que eu achei o creme de certeza adequado, enfim, pode ser que quando o terminar esteja com um rosto de 15 anos :-)).
      E se a nossa casa é o melhor dos sítios, então é porque sim, é porque está tudo muito bem.
      Beijinhos de volta desta pessoa que também já tinha saudades de te ver por aqui. Obrigada, querida Cláudia.

      Eliminar
  9. Respostas
    1. Todos?!...
      Ela disse que era para duas pessoas...
      Mas, claro, da próxima vez pergunto. :-)

      Eliminar