a voz à solta


Se leio, saio de mim e vou aonde me levam. Se escrevo, saio de mim e vou aonde quero.

19/05/2016

Um frango e meio sem nome

Hoje ao acordar lembrei-me de repente dos dois grandes robalos que passaram uma temporada no congelador do meu frigorífico absolutamente tesos e inseparáveis até que um calorzinho demorado se lhes chegou e eles lá pronto, lá se deixaram apartar e aqui já devia vir uma vírgula para a pessoa respirar mas falta dizer que aqui assumiram os robalos uma postura mais flexível. Achei a ideia tão parva que me ocorreu logo vir escrevê-la.
A verdade é que gostava de ter esses robalos ainda hoje, tesos e inseparáveis no frio glaciar do congelador, podia ter-lhes dado nomes, por exemplo Rubinhas e Baldinho, mas gostava de os ter, aos dois grandes robalos, para não precisar de ir ao supermercado outra vez, já lá fui ontem e ia mesmo chateada de ir ao supermercado ontem. Não sou capaz, suspiro, suspiro, suspiro, de me sentir feliz no supermercado, embora faça um esforço, o meu esforço é assim, penso uma coisa por exemplo esta: se um dia estiveres toda infeliz e doente numa cama de hospital, vais desejar poder ir ao supermercado, por isso dá valor. E dou, dou valor, suspiro e dou valor. Até entrei a sorrir por ali adentro, apanhei primeiro as prateleiras do pão, ai o aroma, pãozinho tão bom, lancei o sorriso para as prateleiras do pão, pronto, esforço-me.
Hoje tencionava então lá ir comprar três robalos mas não tão grandes, e já tinha começado a pensar em nomes para eles, dá-me para sentir carinho aos robalos, aos peixinhos em geral, mas o meu dia complexou-se todo na hora do entardecer, todo todo, é que o primeiro festival de verão já abriu portas e também fechou vias por onde eu tencionava passar, de modo que afinal o jantar foi um frango e meio de churrasco apanhado antes de fechar o comércio do bairro quando finalmente consegui quase chegar a casa. Mas a um frango e meio não fui capaz de dar nome. Nomes. Nome. Ou nomes?

26 comentários:

  1. Ora deixa lá ver... Balbino & Co?
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sendo o "& Co" o nome do meio frango?
      Excelente, luisa, as always.

      Eliminar
  2. Nomes, creio, pois não se despreza meio frango. Ou despreza?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, claro que não, até porque também foi comido o meio frango, aliás o frango inteiro meio em minha casa e meio noutra casa qualquer... mas.... hum...
      (não me inspirei)

      Eliminar
    2. Pensei que era um dúvida linguística, vê lá tu...

      (Não é...?)

      Eliminar
    3. E é. Mas começa numa dúvida matemática - um e meio é plural ou singular? - e termina numa dúvida linguística...

      Eliminar
    4. Grande questão, só te digo. Se meio-singular fosse coisa pra existir, então também teríamos meio-plural, portanto a dúvida persiste. Pra mim persiste. E pelo lado dos números... é que nem a dúvida sei expor, quanto mais.

      Eliminar
    5. Acho que singular e plural só se aplica às chamadas "variáveis discretas", ou seja, números inteiros, 1, 2, 3 etc. E um frango e meio cai dentro das "variáveis contínuas" ou seja, aquelas que podem assumir valores decimais, por exemplo, a largura de uma mesa em metros, etc.
      Resumindo, a minha dúvida também persiste quanto ao nome ou nomes do frango e meio. :-)

      Eliminar
  3. "O Frango e o Júnior", tá bom de ler...e comer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Homónima, uma ideia pragmática, me gusta.
      :-)

      Eliminar
  4. O pior é que os robalinhos ficaram lá a passar a noite sozinhos. Abandonados. À tua espera ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eles, os robalinhos, queriam mesmo vir, eu pressinto. A ver se amanhã ainda os apanho. Fogo.
      :-)
      (a propósito de nomes, o nick "Cuca" fica-te mesmo bem, querida Cuca)

      Eliminar
    2. tem alguma coisa a ver com cuco, aquele que... vai aos ninhos dos outros, e... :)

      Eliminar
  5. Lembrei-me daquela anedota: "Como se chama o animal de duas patas que sangra muito?"

    ...


    ("meio cão")

    :-) Bom fds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lady Kina, que visita boa.
      Não conhecia essa anedota :-)
      E agora lembrei-me de outra: se são precisos dois homens para fazer um buraco, quantos são necessários para fazer meio buraco?

      (Um?)

      Um buraco é sempre um buraco. :-)
      Bom fim de semana.

      Eliminar
  6. é como palmo e meio;
    bucha & estica ou aquiles & aurelius?

    Um abraço e meio(?) querida Susana :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É como aquiles & aurelius, os tendões nossos amigos, precisamente :-)
      Um abraço inteirinho, querida Teresa.

      Eliminar
  7. Querida Susana Rodrigues,
    Deixemos os preciosismos linguísticos de lado e lancemo-nos a assuntos bem mais preciosos: hoje, é para estar em sua casa para o jantar de robalos, a que horas?
    Até já!
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh... que coisa bonita, querido Outro Ente. Tão boa a ideia de receber à mesa os meus amigos de blogue. :-)
      Até já!

      Eliminar
  8. Susana, como referiste, frango e meio é singular. Disso não parece haver dúvidas.
    Se os baptizasses, julgo que ficaria, por exemplo, o frango Adelino e metade do frango Américo.
    Não se trata do mesmo frango. São entidades independentes. É o meu entendimento.
    Bom fim-de-semana!
    Beijos (nada de meios)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa, Isabel. O Adelino e o meio Américo mandam cumprimentos à madrinha, estavam meio (e inteiro) tristes p'rali feitos em fanicos...
      (pronto, pronto, chega de disparates)
      Bom fim de semana, Isabel, um beijo. :-)

      Eliminar
  9. A um inteiro mais um partido é difícil dar nome, até porque quando os vejo assim, tesos, tenho dificuldade em assumi-los seres sensíveis.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá!! :-)
      compreendo perfeitamente, Ó menina, eu tive a mesma dificuldade.
      bom fim de semana.

      Eliminar
  10. OK, Don Frango e seu Meio Irmão, parece-me bem, já os robalos podiam ser Robalo & Robalo, Lda já que também podem ser irmãos, se não forem paciência, não deixam de ser robalos e foram comidos na mesma :)) Bom resto de domingo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marvellous, Don Frango e seu Meio Irmão! A mim parece-me ótimo. Estão batizados. Batizado. Batizados. Pronto.

      Boa semana, GM :-)

      Eliminar